Posts tagged ‘Estilo’

Meninas do Rio

Eu sou do Nordeste desse Brasilzão. Cresci com Sol na moleira todo santo dia e nunca, até os meus 24 anos passei uma semana inteira sem ver os raios de Sol. Por isso, optei sempre por muita cor nas minhas roupas. Adoro estampas e cores fortes. E também coisas fofinhas.

Depois dos meus 24, passei a morar em São Paulo e é incrível como tudo que eu vestia mudou. As cores ficaram mais sóbrias e as roupas também.  Até o preto, cor que eu não comprava nunca passou a fazer parte do meu armário. O que me salvou foi que morei durante 3 anos  do lado da Benedito Calixto, feirinha alternativa com um monte de idéias e roupas legais. Acho que as coisas lá já foram mais baratas, mas ainda estão num preço acessível. Não do tipo: tenho que levar 5 porque tá muuuuito barato. Mas dá pra levar umas 3 peças diferentes num valor legal. tipo uns R$ 200,00. E o bom é que são peças bem diferenciadas, embora nem sempre com muita qualidade!

Enfim, sei que nesse tempo que passo em São Paulo aprendi a admirar as fofurinhas do Rio. E estou sempre ligada no que acontece por lá. Me apaixonei perdidamente por 3 lojas cariocas: Maria Filó, Farm e Leeloo.

Me apaixonei pela comunicação, pelo relacionamento com as clientes e pelas coisas fofas que fazem. Acho que por conta do espírito carioca, de praia e relax tudo é mais leve e eu me identifico muito. E é engraçado que não tenho peça de nenhuma delas! rs.

Mas sabe aquele tipo de site que é bom olhar para inspirar? Então, essas são marcas que servem de inspiração! Pelos menos pra mim.

Indico o blog dessas lojas fofas para quem ainda não conhece:

Farm

Leeloo

Maria Filó

E você? Que marcas, que clima e que coisas te inspiram?!

25/05/2010 at 11:24 Deixe um comentário

A clássica Chanel

Existem clássicos. Chanel faz parte dessa definição. Quer saber o que é clássico, elegante e atemporal na moda? É só pesquisar um pouco sobre Chanel, a marca criada por Gabrielle Chanel. Com sua personalidade forte, Gabrielle conseguiu desenvolver um estilo único e duradouro. Até hoje usamos peças criadas por ela há muito tempo. Sabe os colares de pérolas que estão na moda? Sabe o pretinho básico, indispensável em qualquer guarda-roupa? Sabe aquele estilo de costura em bolsas que dão uma textura de losangos? E aquelas bolsas com alcinha de corrente? Tudo isso é culpa de Chanel. Ela, inquieta e inconformada com a moda que via, criou o original, o diferente que consegue perdurar. E olha que moda nasceu para acabar. Mas quando é bem estruturada, torna-se estilo, vira clássico e fica.

Faz um mês que foi lançado Brasil um filme chamado Coco antes de Chanel. Eu vi só essa semana! Vale a pena conferir como a inquietação da criatividade produz elementos únicos. Você pode ver também como ter essa vontade de criar, de ser diferente nem sempre vem de pessoas com alto poder aquisitivo: a Gabrielle era pobre e conseguiu ver e ir além. Mais que isso, confiava na sua criação. Eu adorei! Para quem ainda não assistiu, veja o trailer abaixo e depois confira o filme:

10/12/2009 at 19:56 Deixe um comentário


Por trás e atrás da moda que pega…

Já pegou por aqui


%d blogueiros gostam disto: